Seguidores

Pesquisar este blog

Google+ Followers

Translate

15/02/2009

Claridade Noturna

"A lua, da minha varanda."
Foto: Marli Reis

Quando a noite cobriu a cidade,

eu já não era a mesma,

meu semblante mudou

e foi ecoando para dentro de mim,

avisando dos símbolos, das recreações,

das cortinas abertas,

do sol, pela noite, que já ia longe...

As horas matinais lançavam suas teias,

animavam o orvalho

que se antecipava ao tempo de festejos.

Tempo de caminhos largos,

de ventos carregados de folhas secas em tapete

rumo ao jardim da casa que antes

era sua, seu gosto, seu olhar, seu silêncio.

E agora, diante da noite,

ainda escuto o crepitar

das fogueiras de São João.


***