*

Vou seguindo, fazendo pausas, deixando a poesia me guiar, algumas compartilho por aqui.
Todas fotografias deste blog foram feitas por mim.
............................................................................................................................

26/03/2010

Contato

  
O maior Cajueiro do mundo/RN
Foto: Marli Reis


*

Contato



Um certo alívio
percorreu o embaraço
da pele suada.

Um certo absurdo
repousou nos olhos
espantados
de cimento e barro.

Uma folha
caiu devagar
levada pelo vento
de outono...

E foi assim...
Criando um registro
do eterno
bem próximo 
a tudo que sou.

É isso e mais...
A parte contemporânea
dos fragmentos
diurnos
solucionados 
no futuro,
no acaso,
se ele existir.



***


19/03/2010

Tudo



Natal/RN
Foto: Marli Reis
 *


Tudo


Querer o dia 
todo
ver e sentir
o sol e o vento
balançando
as folhas
da castanhola.
Ao redor,
carros.
Em lugar
onde o olho
não alcança,
a água
desafia
o espaço
nutrindo
a força
da criação.
Crescer
a vida
sem chuva,
sem medo,
sem nada.

***




07/03/2010

Doce Água

 Palmeira, por Marli Reis.



Doce Água


Quanto céu e vida
para embalar
teus dias
de alegria,
de silêncio
e paz!

Que imagem
refletida na parede!
É da alegria,
da coragem
e redenção.

Queria ver
teu sorriso
de primavera
em meio aos cachos
de algodão
a perder de vista...

E tua máscara
é transparente,
 quase posso ver
tua alma solta
rompendo as amarras
do teu não querer
que já não é teu
nem meu.

*

Domingo

No primeiro dia deste mês tive uma visão, que não foi somente minha, pois estava disponível para qualquer pessoa, era a visão da lua cheia, amigos viram também, ficaram atentos, disseram o quanto aquela imagem era repleta de beleza e significados para eles. Círculos cor de ouro rodeavam a lua, exuberante! Com o que se podia ver, existia o percurso na mente de tudo e de todos no cosmo, rápido. A questão é que olhar para o céu é algo que embala os poetas, sem razão aparente.

***