Seguidores

Pesquisar este blog

Google+ Followers

Translate

01/08/2009

Dádiva

*

Encantam os teus olhos.
Tons, formas e pirâmides
nas alturas da imaginação.
Já é sem esferas dialéticas
o descompasso do teu coração.
Repente, serenata, violinos
ao longe em teu ouvido.

As plumas deslizam suaves
por sobre o rio.

Vem doce delírio!
Tua presença
é como o sol
que aquece minha pele,
que se contenta
com os teus presentes.



(Marli Reis, Espirais Imagéticas,2009)
*