Seguidores

Pesquisar este blog

Google+ Followers

Translate

17/01/2010

Simples


Reflexo da claridade no piano ao entardecer.

Foto: MR



*


Simples


Desse amor
fica água doce
de rio a banhar
meus pés.

Desse doce amor
fica o gosto amargo
de folha verde
sem nome.
Cresceu agora
e fica tão
alto, esse amor!

Se não fosse o
não saber...

Este dia faz
esperar a presença.

O amor nasce e
renasce aqui,
sem demora.



***




Domingo

É como uma preparação para o que vem depois do silêncio. Tudo calmo. As janelas dos prédios guardam o que a vida pode guardar. Dia de poucos movimentos. Ruas quietas. Logo mais o burburinho dos carros apressados deixarão essa quietude no passado. Mas não passará assim tão rápido... Haverá repetição, não igual, mas haverá.


*

Nenhum comentário: