*

Vou seguindo, fazendo pausas, deixando a poesia me guiar, algumas compartilho por aqui.
Todas fotografias deste blog foram feitas por mim.
............................................................................................................................

07/03/2010

Doce Água

 Palmeira, por Marli Reis.



Doce Água


Quanto céu e vida
para embalar
teus dias
de alegria,
de silêncio
e paz!

Que imagem
refletida na parede!
É da alegria,
da coragem
e redenção.

Queria ver
teu sorriso
de primavera
em meio aos cachos
de algodão
a perder de vista...

E tua máscara
é transparente,
 quase posso ver
tua alma solta
rompendo as amarras
do teu não querer
que já não é teu
nem meu.

*

Domingo

No primeiro dia deste mês tive uma visão, que não foi somente minha, pois estava disponível para qualquer pessoa, era a visão da lua cheia, amigos viram também, ficaram atentos, disseram o quanto aquela imagem era repleta de beleza e significados para eles. Círculos cor de ouro rodeavam a lua, exuberante! Com o que se podia ver, existia o percurso na mente de tudo e de todos no cosmo, rápido. A questão é que olhar para o céu é algo que embala os poetas, sem razão aparente.

***

Nenhum comentário: